Fechar

Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro



EMERJ tem novo Fórum Permanente: Filosofia, Ética e Sistema Judiciais

clique nas imagens para ampliar

O professor Vicente de Paulo Barretto, doutor em Filosofia e pós-doutor em Direito, é o novo presidente do Fórum Permanente de Filosofia, Ética e Sistema Judiciais da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro – EMERJ.

O vice-presidente é o desembargador federal Abel Gomes, mestre e doutorando em Direito, professor e coordenador de pós-graduação da EMERJ. O Fórum será também composto pelo desembargador Cesar Augusto Rodrigues Costa, pelo professor Nilton Cesar Flores e pela professora Lúcia pestana de Aguiar Frota.

O primeiro encontro está previsto para ocorrer em abril e debaterá sobre punição e o porquê de punir, abordando dimensões sociológicas, econômicas, antropológicas e jurídicas dessa questão.

“A filosofia possibilita raciocinar sobre os fundamentos da lei. O direito tem fundamentos que não estão somente na lei escrita, que para ser bem aplicada é necessário entender o seu sentido, para além daquilo que está escrito e para além do que antecede ao que está escrito. A filosofia se encaixa nesse aspecto”, explicou o professor Vicente de Paulo Barretto.

Sobre a importância de debater filosofia e ética dentro de uma Escola da Magistratura, o professor considerou: “A filosofia é um braço da ética; trata dos valores. Por isso, a relevância de discutir o assunto entre estudantes de Direito, entre magistrados e entre a comunidade jurídica em geral, mas também para a cidadania, para a própria sociedade”.

O tema filosofia e ética inserido em um Fórum Permanente da EMERJ é uma novidade trazida pela gestão do atual diretor da Escola, desembargador André Gustavo Corrêa de Andrade.

Fóruns Permanentes

Os Fóruns Permanentes da EMERJ promovem encontros gratuitos nos auditórios da própria Escola, e têm por objetivos incentivar o debate e a reflexão sobre temas atuais que estão sob olhares constantes da comunidade jurídica e da sociedade.


11 de Fevereiro de 2019.

Fonte: Assessoria de Comunicação Institucional da EMERJ.


1 |  2 |  3 |  4 |  5 |  6 |  7 |  8 |  7 |  8 |  9 |  10 |  11 |  12 |  13 |  14 |  15 |  16 |  17 |  18 |  19 |  20 |  21 |  22 |  23 |  24 |  25 |  26 |  27 |  28 |  29 |  30 |  31 |  32 |  33 |  34 |  35 |  36 |  37 |  38 |  39 |  40 |  41 |  42 |  43 |  44 |  45 |  46 |  47 |  48 |  49 |  50 |  51 |  52 |  53 |  54 |  55 |  56 |  57 |  58 |  59 |  60 |  61 |  62 |  63 |  64 |  65 |  66 |  67 |  68 |  69 |  70 |  71 |  72 |  73 |  74 |  75 |  76 |  77 |  78 |  79 |  80 |  81


voltar