“Nós temos a chamada ‘Amazônia azul’”, diz capitão da Marinha
em palestra sobre Práticas de Navegação

clique na imagem para ampliar

A atividade marítima desperta a atenção de profissionais das diversas áreas e de vários segmentos da sociedade, e não podia ser diferente com os juristas. Para tratar do tema “Conceitos e Práticas de Navegação: Fatos e Navios”, a Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ) convidou, nesta terça-feira (8), o capitão de Longo Curso e vice-presidente da Associação Brasileira de Direito Marítimo (ABDM), Jones Alexandre Barros Soares, para palestrar durante a reunião do Fórum Permanente de Direito Empresarial, presidido pelo desembargador Antonio Carlos Esteves Torres.

O palestrante Jones Soares, iniciou seu discurso falando sobre a importância da prática de navegação para o país, que segundo ele, é pouco conhecida pela maioria dos brasileiros. Ressaltou que o Brasil é um país formado a partir do mar e, por isso, tem um potencial imenso a ser aproveitado nesta área.

“O Brasil não é só extensão territorial, ele possui também soberania no mar. No Brasil são 3,6 milhões de quilômetros quadrados de soberania marítima que precisa ser cada vez mais conhecida, otimizada, aproveitada. Nós temos a chamada ‘Amazônia azul’ no mar, quando a comparamos ao tamanho e a imensa riqueza da fauna, flora e recursos minerais da ‘Amazônia Verde’”, relatou o capitão Jones.

O palestrante elencou três pontos importantes que mostram a importância do mar para o Brasil. O primeiro deles é a pesca, que de acordo com ele, movimenta o PIB pesqueiro no Brasil de 5 bilhões de dólares com 3,5 milhões de empregos direto. O segundo ponto destacado foi a importância do petróleo brasileiro, com 90% de origem nos oceanos. Por último, ele citou a importância das linhas de transportes marítimos, que são as principais vias de comercialização no exterior, totalizando quase 100% de tudo que entra e sai do país.

Ao final do seu discurso, Jones Alexandre declarou: “É importante que tenhamos um país preparado para o século XXI. O mar é fundamental para o Brasil e precisa ser explorado. Somos um país marítimo e precisamos explorar o imenso potencial que temos para trazermos riqueza a nossa nação; E não devemos nos esquecer de nos adaptarmos as novas tecnologias, principalmente em relação ao transporte marítimo, onde vários estudos mostram que novas embarcações poderão ser altamente tecnológicas, permeando até mesmo navios totalmente automatizados ou controlados a distância”.

O encontro recebeu o presidente da Associação Brasileira de Direito Marítimo (ABDM), Luis Felipe Galante; o presidente da Comissão de Direito Marítimo, Portuário e do Mar da OAB/RJ, Godofedro Mendes Vianna e o presidente do Clube Naval do Rio de Janeiro, Rui da Fonseca Elia.

08 de maio de 2018

Fonte: Assessoria de Comunicação Institucional da EMERJ.



MAGISTRADOS

Informações sobre Cursos Oficiais de Formação e Aperfeiçoamento.

VIRTUAL EMERJ

Ambiente Virtual de Aprendizagem. Cursos Oferecidos na Modalidade a Distância.

PORTAL ACADÊMICO

Espaço destinado aos alunos e professores do Curso de Especialização em Direito Público e Privado.

EVENTOS EMERJ

Fóruns, seminários e ciclo de palestras destinadas ao público em geral.

PUBLICAÇÕES

Coletânea de Artigos Jurídicos de Diferentes Áreas do Direito.

VÍDEO INSTITUCIONAL

 Seja Bem-Vindo à EMERJ.

INFORMATIVO

Divulgação de eventos, cursos e notícias.

EVENTOS GRAVADOS

Gravação de cursos, seminários e ciclo de palestras realizados pela EMERJ.

EVENTOS EXTERNOS

Divulgação de eventos da área jurídica de outras instituições.

LANÇAMENTO DE LIVROS

Divulgação dos lançamentos de livros de autores da área jurídica.

EMERJ TV

Programação destinada ao público interno do Fórum Central.