Especialistas falam sobre segurança pública e destacam o ano de 2017 como o mais violento no Rio de Janeiro

clique nas imagens para ampliar

A palestra “O Amor em Tempos de Cólera” foi promovida pelo Fórum Permanente de Segurança Pública e Execução Penal, presidido pelo desembargador Alcides da Fonseca Neto, nesta segunda-feira, dia 13. O objetivo foi dar continuidade e aprofundar o debate sobre a Segurança Pública e a questão dos afetos, a partir da perspectiva do amor. Durante o encontro,, frisou-se que a segurança pública constitui um dos maiores desafios do Estado de Direito do Brasil, em meio ao crescimento da violência e das descontinuas políticas de segurança que pouco mudaram a realidade.

A abertura da conferência, foi realizada pelo desembargador Luciano Silva Barreto, vice-presidente do Fórum Permanente. Participaram como palestrantes, os professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) Oswaldo Munteal Filho, Lia Faria, Vivian Fonseca, Stella Taquette, a sub-reitora da UERJ, Tânia Netto e o coronel da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, Íbis Pereira.

O coronel Íbis Pereira discursou sobre a questão da violência, em especial a sofrida por policias militares e apresentou estatísticas alarmantes: “Nós últimos 30 anos, mais de 1 milhão de brasileiros foram vítimas de morte violenta e intencional no nosso país. Essas mortes incluem crimes como homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, latrocínio e as mortes decorrentes por resistência a ação da polícia. Apenas em 2016 foram mortas mais de 60 mil pessoas. No Rio de Janeiro, entre os meses de janeiro a setembro deste ano, segundo dados do Instituto de Segurança Pública, 4.974 pessoas foram vítimas de letalidade violenta, entre as vítimas 118 eram policias“.

O professor Oswaldo Munteal destacou a desigualdade como sendo um dos principais fatores que levam à violência. Ele acredita que a opressão não é a melhor forma de combate aos crimes, e que a educação auxilia na tomada de decisões corretas.

Para Lia Faria, “ficar velho” é deixar de sonhar. Em sua palestra, Lia abordou questões relacionadas a desigualdade e privilégios. Segundo a professora, é preciso preocupar-se mais com as futuras gerações e ir às ruas e declarou: “Nós, muitas vezes, sentenciamos antes de julgar, ou sentenciamos e não julgamos. Esse é o problema que vivemos hoje: a perda total do diálogo”.

Stella Taquette trouxe o cuidado – paternalidade social e familiar - como uma forma de auxiliar o desenvolvimento da criança: “O ser humano precisa, desde muito cedo, dessa proteção externa, e quanto mais novo, maior a proteção. À medida que crescemos essa proteção vai diminuindo, pois vamos internalizando o cuidado próprio. Muitas crianças não estão tendo essa paternalidade familiar e social, papel fundamental no desenvolvimento do indivíduo”, disse Stella.

A professora Vivian Fonseca falou sobre “A Cultura como potência (afetiva): Apontamentos sobre Políticas para Diversidade”. Em sua apresentação, ela apresentou aspectos históricos sobre a diversidade social e cultural.

A sub-reitora da UERJ, Tânia Netto, destacou a importância do evento e informou que o material extraído ao final de cada encontro deverá ser publicado, diante da proporção que o Fórum Permanente tem tomado.


13 de novembro de 2017.

Fonte: Assessoria de Comunicação Institucional da EMERJ.



MAGISTRADOS

Informações sobre Cursos Oficiais de Formação e Aperfeiçoamento.

VIRTUAL EMERJ

Ambiente Virtual de Aprendizagem. Cursos Oferecidos na Modalidade a Distância.

PORTAL ACADÊMICO

Espaço destinado aos alunos e professores do Curso de Especialização em Direito Público e Privado.

EVENTOS EMERJ

Fóruns, seminários e ciclo de palestras destinadas ao público em geral.

PUBLICAÇÕES

Coletânea de Artigos Jurídicos de Diferentes Áreas do Direito.

VÍDEO INSTITUCIONAL

 Seja Bem-Vindo à EMERJ.

INFORMATIVO

Divulgação de eventos, cursos e notícias.

EVENTOS GRAVADOS

Gravação de cursos, seminários e ciclo de palestras realizados pela EMERJ.

EVENTOS EXTERNOS

Divulgação de eventos da área jurídica de outras instituições.

LANÇAMENTO DE LIVROS

Divulgação dos lançamentos de livros de autores da área jurídica.

EMERJ TV

Programação destinada ao público interno do Fórum Central.