Roma Antiga e termo “Androgynem” são temas de debate na EMERJ


clique nas imagens para ampliar

O Fórum Permanente de História do Direito da EMERJ realizou, nesta quarta-feira, dia 30 de outubro, o evento “Androgynem: quando o discurso público re-configura a construção do feminino”, no auditório Desembargador Paulo Roberto Leite Ventura.

“O tema remete à história de uma romana que, supostamente acusada de um crime, preferiu se defender sozinha perante os tribunais. Era uma situação inusitada para a Roma, pois a defesa pessoal era algo desaconselhado, ainda mais para uma mulher em uma sociedade patriarcalista. Esse drama implica em várias situações das mulheres na antiguidade, juridicamente e antropologicamente”, disse o vice-presidente do Fórum, juiz João Marcos de Castello Branco Fontinato, na abertura do evento.

A professora Katia Teonia foi a primeira a palestrar. Em sua fala, explicou sobre a origem do termo:

“É um termo de origem grega, do qual os latinos se apropriaram. Ele vem do termo ‘andrognus’, um substantivo masculino, e logo foi criado na versão feminina, que é traduzido pela maior parte dos dicionários como ‘uma mulher com coragem de um homem’. É algo que vai agregar características anatômicas dessa mulher com características morais de um homem”, explicou.

Sobre o evento, comentou: “A ideia é pensar um pouco sobre a representação da mulher na antiguidade, mais especificamente na Roma Antiga, a partir de um termo utilizado por um historiador romano, Valério Máximo. Em um livro, ele apresenta alguns fatos ilustres da história de Roma e conta a história de três mulheres. Uma delas foi acusada de alguma ação criminal, não se sabe ao certo qual, e decidiu advogar para si mesma. O historiador então diz que ela se defendeu com ‘diligência e muita coragem’, logo denominada por ele como ‘Androgynem’, que em um primeiro momento nos leva a pensar no termo ‘andrógeno’, mas ao compreendermos o sentido dessa expressão, ele não se relaciona com o termo conhecido pela sociedade”, disse.

Também participaram do evento a professora Fernanda Lemos de Lima; a defensora pública Elisa Cruz; e a juíza Cristina Serra Feijó, membro do Fórum.

O evento marcou a 24ª reunião do Fórum.


30 de outubro de 2019




Magistrados EMERJ

MAGISTRADOS

Informações sobre cursos oficiais de formação e aperfeiçoamento.

Virtual EMERJ

VIRTUAL EMERJ

Ambiente Virtual de Aprendizagem. Cursos oferecidos na modalidade a distância.

Portal Acadêmico EMERJ

PORTAL ACADÊMICO

Destinado aos alunos e professores do Curso de Especialização em Direito Público e Privado.

Eventos EMERJ Gratuitos

EVENTOS EMERJ GRATUITOS

Fóruns, seminários e ciclo de palestras destinadas ao público em geral.

Publicações EMERJ

PUBLICAÇÕES

Artigos jurídicos de diferentes áreas do direito.

Informativo EMERJ

INFORMATIVO

Divulgação de eventos, cursos e notícias.

EMERJ em Pauta

EMERJ EM PAUTA

É o programa em vídeo disponibilizado no seu canal de Youtube, destinado a estudantes, profissionais do Direito e público em geral.

Eventos Gravados EMERJ

EVENTOS GRAVADOS

Seminários e ciclo de palestras realizados pela EMERJ.

Vídeo Institucional EMERJ


VÍDEO INSTITUCIONAL

Lançamento de Livros

LANÇAMENTO DE LIVROS

Divulgação dos lançamentos de livros de autores da área jurídica.

Eventos Externos

EVENTOS EXTERNOS

Divulgação de eventos da área jurídica de outras instituições.