Relatora do projeto de lei de atualização do Código de Defesa do Consumidor realiza palestra na EMERJ

clique na imagem para ampliar

A 119ª reunião do Fórum Permanente de Direito do Consumidor, presidido pelo desembargador José Acir Lessa Giordani, debateu, nesta segunda-feira (3), “A atualização do Código de Defesa do Consumidor”, com a palestra da professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS) Claudia Lima Marques. A palestrante participou como relatora geral do Projeto de Lei nº 3.515/2015, que altera a Lei nº 8.078/1990 - Código de Defesa do Consumidor (CDC). Também esteve presente a procuradora de Justiça Heloísa Carpena.

O diretor-geral da EMERJ, desembargador André Gustavo Corrêa de Andrade, ao abrir o evento destacou a importância da atualização do CDC: “Sempre precisamos buscar mudanças no mundo em que vivemos, pois, a tecnologia disruptiva faz com que tenhamos sempre que nos atualizar. Nosso Código ainda é muito atual e ainda não conseguimos alcançar todas as promessas nele elencadas; o que não significa que não devamos aprimorar os institutos, com bases nas novas tecnologias”.

A professora Claudia Lima Marques destacou a atualização do Código de Defesa do Consumidor como sendo extremamente necessária: “Temos necessidade da atualização do CDC no sentido de dar uma sistematização às normas, a fim de assegurar a proteção do consumidor nesse mundo digital, e, especialmente, com o crescimento da economia colaborativa”.

Outra atualização proposta pelo PL 3515/2015 trata a questão do superendividamento, que, de acordo com Claudia Lima Marques, é uma mazela que atinge grande parte da população: “Temos 13 milhões de desempregados, 63 milhões de pessoas com o nome negativado; e temos 30 milhões que se autodenominam superendividados”.

O Projeto de Lei 3515/2015, parado na Câmara desde 2015, cria mecanismos para prevenir e tratar o superendividamento através de conciliações. Segundo a professora da UFRS, as pessoas precisam ter condições de pagar suas dívidas e sair do cadastro negativo: “Precisamos acabar com a cultura da dívida e da exclusão da pessoa da sociedade, para criarmos a cultura do pagamento e da reinclusão ”.

“Seria muito importante para o país e para um mercado mais saudável, o crédito mais responsável. O consumidor precisa ter essa possibilidade de voltar a consumir, aquecer nosso mercado. O mundo eletrônico vai acontecer naturalmente, pois o Brasil precisa entrar no século XXI; mas, entrar nessa nova era com 63 milhões de pessoas negativadas, é um risco sistêmico. Já temos uma crise financeira, uma crise ética e agora uma crise do endividamento. Temos que atualizar essa bela Lei, que é o Código do Consumidor, para que o crédito seja mais disciplinado no Brasil”, declarou a palestrante.


03 de junho de 2019

Fonte: Assessoria de Comunicação Institucional da EMERJ



Magistrados EMERJ

MAGISTRADOS

Informações sobre cursos oficiais de formação e aperfeiçoamento.

Virtual EMERJ

VIRTUAL EMERJ

Ambiente Virtual de Aprendizagem. Cursos oferecidos na modalidade a distância.

Portal Acadêmico EMERJ

PORTAL ACADÊMICO

Destinado aos alunos e professores do Curso de Especialização em Direito Público e Privado.

Eventos EMERJ Gratuitos

EVENTOS EMERJ GRATUITOS

Fóruns, seminários e ciclo de palestras destinadas ao público em geral.

Publicações EMERJ

PUBLICAÇÕES

Artigos jurídicos de diferentes áreas do direito.

Informativo EMERJ

INFORMATIVO

Divulgação de eventos, cursos e notícias.

EMERJ em Pauta

EMERJ EM PAUTA

É o programa em vídeo disponibilizado no seu canal de Youtube, destinado a estudantes, profissionais do Direito e público em geral.

Eventos Gravados EMERJ

EVENTOS GRAVADOS

Seminários e ciclo de palestras realizados pela EMERJ.

Vídeo Institucional EMERJ


VÍDEO INSTITUCIONAL

Lançamento de Livros

LANÇAMENTO DE LIVROS

Divulgação dos lançamentos de livros de autores da área jurídica.

Eventos Externos

EVENTOS EXTERNOS

Divulgação de eventos da área jurídica de outras instituições.