Governador do Rio e integrantes do Movimento de Combate à Impunidade se reúnem na EMERJ para seminário


clique nas imagens para ampliar

“Direitos Humanos e Direito Penal”, “O Confronto entre o Garantismo Penal e a Teoria das Janelas Quebradas” e “Ativismo Judicial e suas Consequências” foram os temas dos painéis apresentados no seminário “Crime, Impunidade e Justiça”, nesta sexta-feira, 9 de agosto, na EMERJ.

Magistrados e promotores que colaboraram com textos para o primeiro número da “Revista Jurídica do Combate à Impunidade” participaram do evento e do lançamento da revista, que é uma publicação do Movimento de Combate à Impunidade (MCI).

O seminário foi aberto pela desembargadora Cristina Tereza Gaulia, vice-presidente do Conselho Consultivo da EMERJ e presidente do Fórum Permanente de Estudos Constitucionais, Administrativos e de Políticas Públicas, que representou o diretor-geral da EMERJ, desembargador André Gustavo Corrêa de Andrade.

A desembargadora falou sobre a importância dos debates na Escola: “Nós temos hoje uma Escola da Magistratura que está aberta para as academias. Precisamos desenvolver nosso espírito crítico, não podemos nos fechar em um único tipo de pensamento”.

A procuradora Flávia Ferrer, coordenadora do seminário, destacou a importância do MCI: “Nós não aguentamos mais a situação de insegurança, de violência e de impunidade que estamos vivendo. Hoje temos mais de 60 mil homicídios por ano no Brasil, com uma taxa de solução de homicídios menor do que 8%. Precisamos mudar esse estado de coisas em todas as esferas. O MCI vem para fazer um contraponto a essa ideia de que o Brasil encarcera demais, de que existe um excesso de punição”.

“O Brasil tem um problema de impunidade e esse problema precisa ser enfrentado”, ressaltou o desembargador federal Abel Gomes.

O governador do Estado do Rio de Janeiro Wilson Witzel encerrou as palestras da mesa de abertura, destacando a violência contra os policiais: “Ontem eu estive no sepultamento de dois policiais e ouvi das viúvas: ‘Governador, nós só queremos Justiça’”. Witzel defendeu um sistema prisional que consiga recuperar o indivíduo que cometeu o crime e ressaltou a importância da punição: “A efetividade do Direito Penal é fundamental para mostrar ao criminoso que ele vai ser punido. O Direito Penal não pode ser tardio. O ideal é que a pena seja aplicada em, no máximo, um ano”.

As palestras foram ministradas pelos promotores Patrícia Pimentel (MPRJ), Fabio Costa Pereira (MPRS) e Júlia Schütt (MPRS); pela juíza Yedda Ching-San Filizzola; e pelo jornalista Rodolfo Schneider.

O procurador de Justiça Fábio Costa Pereira destacou os motivos pelos quais, segundo ele, o Brasil chegou a esta situação de colapso da segurança pública e ressaltou algumas medidas para minorar a situação: “A curto prazo é a imposição da força, é a polícia na rua. O Estado precisa ser uma ameaça crível à criminalidade. A médio prazo é preciso fazer uma revisão completa na nossa legislação, que é extremamente leniente em termos de repressão penal. Aquele que cometeu o crime deve saber que será descoberto, processado, condenado e ficará preso. E a longo prazo o Brasil precisa investir em educação, com a atenção básica à infância”.

O promotor de Justiça Militar Adriano Marreiros fez uma abordagem sobre linguagem, sobre o Garantismo Penal e sobre os direitos humanos: “Eu defendo que os direitos humanos são para todos, inclusive para as vítimas. Os direitos humanos são universais e a vítima faz parte do universo".

O desembargador Flávio Marcelo Horta; os juízes Alexandre Abrahão e Maurício Lima; e o jurista Ives Gandra Martins também participaram do evento.


09 de agosto de 2019

Fonte: Assessoria de Comunicação Institucional da EMERJ



Magistrados EMERJ

MAGISTRADOS

Informações sobre cursos oficiais de formação e aperfeiçoamento.

Virtual EMERJ

VIRTUAL EMERJ

Ambiente Virtual de Aprendizagem. Cursos oferecidos na modalidade a distância.

Portal Acadêmico EMERJ

PORTAL ACADÊMICO

Destinado aos alunos e professores do Curso de Especialização em Direito Público e Privado.

Eventos EMERJ Gratuitos

EVENTOS EMERJ GRATUITOS

Fóruns, seminários e ciclo de palestras destinadas ao público em geral.

Publicações EMERJ

PUBLICAÇÕES

Artigos jurídicos de diferentes áreas do direito.

Informativo EMERJ

INFORMATIVO

Divulgação de eventos, cursos e notícias.

EMERJ em Pauta

EMERJ EM PAUTA

É o programa em vídeo disponibilizado no seu canal de Youtube, destinado a estudantes, profissionais do Direito e público em geral.

Eventos Gravados EMERJ

EVENTOS GRAVADOS

Seminários e ciclo de palestras realizados pela EMERJ.

Vídeo Institucional EMERJ


VÍDEO INSTITUCIONAL

Lançamento de Livros

LANÇAMENTO DE LIVROS

Divulgação dos lançamentos de livros de autores da área jurídica.

Eventos Externos

EVENTOS EXTERNOS

Divulgação de eventos da área jurídica de outras instituições.